---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Voluntários produzem máscaras de proteção para população de Luiz Alves!

Publicado em 20/05/2020 às 14:44 - Atualizado em 20/05/2020 às 14:44

Uma atitude em prol do bem comum! Buscando proteger a população Luizalvense em tempos de pandemia, a Prefeitura Municipal, Instituto Duda e Adelina e Senai uniram esforços para produzir um item indispensável nos últimos dias: as máscaras.

Desde o dia 05 de maio máscaras de proteção vem sendo confeccionadas por voluntários da cidade e alguns alunos do Senai já formados no Programa Jovem Aprendiz, que estão colocando em prática todo seu conhecimento em uma causa coletiva e que irá beneficiar diversas pessoas!

O Governo do Estado de Santa Catarina, Ministério da Saúde e outras organizações da área da saúde, recomendam o uso de máscara para prevenir a transmissão do vírus. Ela é fundamental e todos precisam utilizá-la, por isso, pensando no bem das pessoas que estão no grupo de risco, a produção iniciou-se.

 

Entenda o projeto

 

O Instituto Duda e Adelina, um dos participantes da ação, possui um projeto social onde o resíduo têxtil de várias empresas da região é reutilizado na confecção de artigos patchwork. Esse projeto social é disseminado para instituições beneficentes de todo o Brasil, com a doação de matéria-prima e capacitação da técnica de costura. 

Patrícia Souza, que é Coordenadora de Responsabilidade Social no Instituto Duda e Adelina comenta que “em virtude da pandemia do Covid-19, o Instituto resolveu confeccionar máscaras para doar a instituições de todo o Brasil com esses resíduos têxteis. O prefeito de Luiz Alves, Marcos Pedro Veber, ficou sabendo da nossa ação e entrou em contato conosco, solicitando a doação de matéria-prima para confeccionar máscaras para os moradores do grupo de risco da sua cidade”.

Com a cooperação do Instituto Duda e Adelina, Senai e voluntários que se disponibilizaram a ajudar por meio de postagens da Prefeitura Municipal em redes sociais, as máscaras começaram a ser produzidas e até o momento, cerca de mil unidades já estão prontas. O projeto pretende entregar ao todo cerca de 10.000 máscaras.

A distribuição começará pelas famílias assistidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social e em breve, toda população que faz parte do grupo de risco também receberá duas unidades feitas com tecido 100% algodão, conforme recomendado pelos órgãos de saúde. 

“Atuar neste projeto social é muito gratificante, não apenas para quem é ajudado, mas também para quem ajuda. A experiência está sendo ótima e contamos com o apoio de colegas, ex alunos e voluntários, todos com um mesmo propósito em fazer o bem”, comenta Fabiana Cerato, coordenadora de operações Sesi/Senai, da região Foz do Rio Itajaí.

O SENAI tem uma parceira com a Prefeitura Municipal, empresas locais e comunidade e está disponibilizando todo seu espaço escolar para confecção das máscaras. O Instituto Duda e Adelina já realizou duas doações de tecido 100% algodão para confecção dessas máscaras, tanto adulto quanto infantil, elásticos e toda matéria-prima necessária.

A empresa luizalvense Marco Têxtil também apoiou a ação, doando uma caixa de rolos de elástico. De acordo com a equipe que está à frente da produção, essa quantidade será suficiente para produzir cerca de 3 mil máscaras.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar